Conheça melhor sobre esse método para calcular o valor da empresa.

Neste artigo você vai ver:

  • Definição de valuation
  • O porquê de calcular o valuation do seu negócio.
  • Como calcular

Você sabe quanto vale uma TV, um carro, aquele apartamento que você tanto quer. Mas será que você sabe dizer quanto vale a sua empresa? Talvez você esteja pensando na melhor maneira de chegar a este valor através da soma dos ativos, do estoque e outros itens palpáveis em seu negócio.

Porém, definir o valuation de uma empresa vai muito além. É preciso definir quanto a marca vale e isso envolve tudo que a empresa tem e que pode vir a oferecer.

A seguir explicaremos um pouco mais esse conceito e por que ele deve ser levado em consideração, principalmente se você quer se preparar para receber aportes financeiros, buscar investidores, sócios ou expandir ainda mais seu negócio.

 

O que significa “valuation”?

Valuation é um termo de origem inglesa que em português foi adaptado para “avaliação de empresas”.  Este é um processo sistematizado para avaliar o valor de uma empresa, envolvendo dados quantitativos e uma certa dose de subjetividade.

Os dados quantitativos podem ser os ativos que a empresa possui, seu estoque, fluxo de caixa, etc. Os dados subjetivos envolvem o julgamento da posição que a empresa ocupa no mercado, a percepção de clientes, previsão de retorno de investimentos, outros dados que não podem ser comprovados, apenas estimados.

O valuation pode servir para diversas situações: para fins contábeis, depois da realização de uma transação ou aquisição, além de processos judiciais, por exemplo, nos quais os bens precisam ser divididos.

 

Benefícios que o valuation pode trazer para sua empresa

Fazer a avaliação da sua empresa pode te ajudar a conhecer aspectos importantes do seu negócio.

Através disso, você pode identificar as características que valorizam sua empresa, os pontos fortes, as oportunidades, os diferenciais que tornam sua marca única.

É possível também identificar os pontos fracos, aquilo que faz cair seu valor de mercado e, assim, é possível mitigar estas deficiências ao longo do tempo.

Ao saber o valor da sua empresa, você também consegue negociar de forma mais justa a participação societária de um possível investidor. Dessa forma, tanto ele, quanto você, saem ganhando.

Toda essa análise dos ativos e do valor subjetivo da empresa, permite que você trace uma linha do tempo de tudo que aconteceu, da história do seu negócio e o crescimento dele ao longo dos anos. Isso é fundamental para entender como a empresa chegou onde está e, assim, planejar os próximos passos futuros.

 

Como estimar o valuation da sua empresa?

Para fazer a avaliação da sua empresa e saber quanto ela vale, será necessário avaliar alguns itens.

Primeiramente deve-se estimar o fluxo de caixa da empresa para o futuro. E quanto mais a frente for possível fazer esse levantamento, melhor para a avaliação do negócio. Lembre-se que o fluxo de caixa é o montante recebido menos o montante gasto.

Definir a taxa de desconto, baseada no risco do investimento, levando em conta outras oportunidades de investimento, geralmente usando como padrão outras empresas listadas na bolsa de valores.

Por último chega-se ao valor presente, que é a soma dos dois primeiros.

É importante frisar que empresas mais novas podem ter certa dificuldade em definir seu valuation, visto que não possuem tantos dados para serem avaliados. Por isso o valuation costuma ser mais acurado para empresas sólidas, com um histórico mais fácil de ser medido. Dessa forma, o investimento em startups costuma ser considerado de alto risco devido à incerteza de retorno e a alta taxa de mortalidade de negócios iniciantes.

Por isso, ao fazer o valuation de uma startup procure embasar seus dados de forma sólida, trazendo argumentos que comprovem a estimativa de retorno que você calculou. Quanto mais embasado em dados sólidos e números precisos, mais chances uma startup tem de receber aportes financeiros por conta de um bom valuation.

Lembre-se que, apesar de você estar definindo o valuation da sua empresa com base nos seus dados e análises, quem realmente definirá o “valor” do seu negócio é o comprador. Se o investidor não se sentir seguro, não acreditar nos seus dados, informações e propostas, de nada adiantará o seu cálculo de valuation.

 

Fácil, certo? Nem tanto!

Está é uma análise rápida e simples sobre o que significa o valuation, porém, ele pode ser ainda mais complexo e ajudar o empreendedor em diversas questões.

Em empresas iniciantes, que precisam de aporte financeiro, o valuation pode ajudar a definir, inclusive, qual a porcentagem da participação societária do investidor.

Este post da Endeavor explica um pouco mais sobre estas questões, podendo ajudar a entender ainda melhor a importância do valuation em processos de busca de venture capital e investidores anjos.

A dica principal é que, se possível, contrate uma empresa ou escritório de advocacia especializado neste tipo de serviço, para que você possa ter uma análise muito mais embasada, idônea e, assim, mais fácil de ser aceita por um possível sócio ou investidor.

Se você se interessou por esse assunto e quer saber mais, cadastre-se para receber nossa newsletter. Assim podemos lhe enviar mais materiais como esse para ajudar no desenvolvimento e sucesso do seu negócio.

Nós cuidamos da segurança jurídica da sua empresa para você poder focar no que realmente importa: o crescimento do seu negócio.

Nossa assessoria traz segurança e tranquilidade. Assim você está sempre um passo na frente, sem surpresas.